paraíso nos teus olhos

a caligrafia dos teus olhos
sob os meus,
me sinto homem
menino teu.
poeta às escusas,
sílabas ocultas...
me sinto deus.

6 comentários:

fafa disse...

maravilhoso!!! palavras leves e doces para demonstrar um amor taum grande

Cláudia Gonçalves disse...

rodrigo, a tua poesia tá saindo pelos poros...

parabéns, poetAço.

Aroeira disse...

ow, muito bom. visite meu blog. sofremos da mesma concisão, o toque preciso do bisturi, o delicado manuseio do ourives, uma espécie de microcirurgia que deixa a fratura exposta.

www.olivrao.blogspot.com

Jac. disse...

Gosto tanto da tua poesia!

Gabriella Nascimento disse...

lindo!

Cati disse...

Lindo esse, hein?! Aliás, to me deliciando aqui, um melhor que o outro!