certeza não cabe a ninguém

a natureza da dúvida e da fé
é o medo que a vida tem
que a morte acorde mais cedo
e seja eterna também.

2 comentários:

Diogo disse...

E aí Raul!
Parabéns pelos versos e pelo blog.
Continue escrevendo sempre.

Um forte abraço!

Marisa Vieira disse...

Ei quem autorizou vc a ler minha alma?
Adorei seu poema Mebs!

beijo da amiga/fã
Marisa Vieira