tua casa (à marisa viera)

vi eira
e beira.
muros
au sentes
paredes
já nelas
e redes

paredes
sem
sem portas
sem pressa
sem pre
aber tas
casa nossa
coisa
de poeta

tua casa
com vista
proa mar

tua casa
agora
é minha
é poesia
e nela
mora
plena
toda
marisia.

Um comentário:

rai2007 disse...

Lendo um poeta dos bons,vaga-lumes são estrelas.